PATRIMÔNIO E HISTÓRIA 
na Fazenda Buritizinho-Altos-PI 

Ivan Francisco Viana de Lima & Márcio Douglas de Carvalho e Silva 

Resumo
O presente artigo toma a casa de fazenda Buritizinho e seu acervo documental (cerâmica, vaso, cartas, mobília e a própria arquitetura da casa) para uma análise histórica patrimonial. O que determinamos como patrimônio cultural em análise, tanto preserva a memória quanto constitui herança assegurada à sociedade atual. Utilizamos como metodologia a pesquisa bibliográfica e de campo. O estudo demonstrou que a casa de fazenda preserva um significativo acervo de informações sobre a sociedade que a construiu e/ou deu significado.
Palavras-chave: Memória; Patrimônio; Sociedade. 

Abstract
This article takes Buritizinho farmhouse and its documentary collection (pottery, vase, letters, furniture and the architecture of the house itself) for a historical patrimonial analysis. What we determine as cultural heritage under analysis, both pre-serves the memory and constitutes an inheritance assured to the current society. We use as methodology the bibliographical and field research. The study showed that the farmhouse preserves a significant body of information about the society that built it and / or gave meaning.
Keywords: Memory; Patrimony; Society.


Referências
AFONSO, A. Arquitetura e cultura. s/d.(no prelo).
BLOCH, Marc Leopold Benjamin. Apologia da História ou oficio do historiador. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.
BRANDÃO, T. M. P. A elite colonial piauiense: Família e Poder. Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves, 1995. 
_________________. O escravo na formação social do Piauí: perspectiva histórica do século XVIII; Apresentação de Armando Souto Maior. Teresina: Editora da Universidade Federal do Piauí, 1999.
COSTA FILHO, A. Escola do sertão: ensino e sociedade no Piauí, 1850- 1889. Teresina: Fundação Cultural Monsenhor Chaves. 2006.
DIAS, Carlos. Fazenda Buritizinho. Disponível em <https://goo.gl/1bah81>. Acesso 26 jan. 2011.
FERREIRA, Francisco. Cotidiano e memória. Altos: edição do autor, 1995.
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). O registro do patrimônio imaterial: dossiê final das atividades da Comissão e do Grupo de Trabalho Patrimônio Imaterial; organização, Márcia G. de Sant`Anna. 5 ed. Brasília, DF: IPHAN, 2012.
LEMOS, C. A. C. O que é patrimônio histórico. São Paulo: Brasiliense, 2004.
LIMA, I. F. V de. Uma foto(grafia) da farinhada em Altos - Piauí. 2012. 96 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Plena em História) – Universidade Estadual do Piauí, Campo Maior, 2012.
LIMA, Iracilde Maria de Moura Fé. A Família Moura Fé no Piauí In: ARAÚJO, Maria Mafalda Baldoino de, João Kennedy Eugênio (Org.) Gente de Longe: história e memórias.Teresina: Halley, 2006.
SILVA, Samara Mendes Araújo. Da fazenda para cidade: traços da cultura material e imaterial sertaneja nas casas piauienses em fins do século XX. In: SANTOS, Raimundo Nonato Lima dos. (Orgs.) As cidades de Clio: abordagens históricas sobre o urbano. Teresina: EDUFPI, 2014.



Recebido em: 10.06.2018
Aprovado em: 21.06.2018
DOI: https://doi.org/10.5281/zenodo.1306253