Sobre

Políticas Editoriais
A Revista Piauiense de História Social e do Trabalho é um periódico científico de acesso livre e gratuito, de edição semestral, vinculado à Plataforma Mundos do Trabalho - Piauí,  que tem como objetivo facilitar e difundir investigações teóricas, pesquisas e resenhas que contenham análises, críticas e reflexões sobre História Social e os Mundos do Trabalho, a nível urbano e rural (com ênfase no Estado do Piauí), nas mais diversas temporalidades e temáticas variadas, como: Formação do mercado de trabalho, trabalho escravo, diversificação do mundo do trabalho, movimento operário, imprensa operária, cultura operária, dentre outros temas. As propostas para publicação devem ser originais, não tendo sido publicadas em qualquer outro veículo do país. Publicam-se artigos em português. Todos os números são divulgados por meios digitais, estando disponíveis online pelo seu site. A RPHST está avaliada com o Qualis "C" em História e B5 em Geografia e Sociologia, para o triênio 2013-2016


Políticas de Seção
Editorial
Submissões abertas  Indexado  Avaliado pelos pares
Artigos - Seção Temática e Livre
Mínimo de 08 laudas e máximo de 15 laudas. Deverão conter: A) Título, exprimindo o conteúdo principal do artigo de forma concisa e clara; B) Resumo e palavras-chaves, em português e em outra língua (preferencialmente espanhol, inglês ou francês); C) introdução; D) Desenvolvimento; E) Considerações finais; F) Referências.
 Submissões abertas  Indexado  Avaliado pelos pares
Resenhas
Mínimo de 2 máximo de 5 laudas. Deverão conter: A) Cabeçalho (autor, título; edição; cidade, editora, ano, volume, numero total de páginas). B) Texto (informações acerca do autor da obra e exposição do conteúdo, evidenciando pontos relevantes da obra); C) Considerações críticas (ressaltar pontos positivos e negativos da obra, analisar a metodologia, a contribuição no campo científico da área e apontar alguma particularidade característica da obra).
 Submissões abertas  Indexado  Avaliado pelos pares


Política de Avaliação pelos Pares
Os artigos serão avaliados por pares a partir do método duplo-cego (Double blind review), no qual cada trabalho é analisado por dois avaliadores oriundos de diferentes instituições. Por este sistema, os arquivos são avaliados sem a identificação de autoria como forma de garantir maior impessoalidade a avaliação. O processo dá-se da seguinte forma:
1. Os artigos e resenhas submetidas serão encaminhados pelo Editor, que realizará análise prévia antiplágio em software apropriado, e eventuais correções que garantam a efetividade do processo de revisão por pares cega (double blind review). 2. O editor  encaminhará os trabalhos a dois membros do conselho consultivo, junto de ficha avaliativa no intuito de garantir a padronização da análise. No caso de divergência entre estes, um terceiro avaliador participará do processo de avaliação também no sistema double blind review. Na ficha, será analisado se: a) O trabalho segue as normas de apresentação da Revista; b) O problema investigado está estabelecido com clareza; c) O problema investigado é significativo e importante para a área; d) O problema investigado mostra relevância local, regional, nacional e/ou internacionalmente; e) A literatura científica pertinente está discutida de modo completo e adequado; f) Os pressupostos teóricos estão estabelecidos com clareza; g) O método de investigação é adequado; h) O método foi bem desenvolvido (incluindo análise dos dados); i) A apresentação dos dados é adequada; j) As tabelas e figuras estão apresentadas com clareza e são discutidas no texto; k) A qualidade dos dados está adequada l) A discussão e as conclusões estão respaldadas pelos resultados e pelos dados; m) O texto é claro, coerente e bem organizado. Ao fim do preenchimento da ficha, são dispostos 5 possibilidades para o artigo a) Aceitá-lo como está; b) Recomendá-lo com as alterações especificadas (a ser encaminhado ao autor); c) Não aprová-lo, mas solicitar que seja reapresentado; d) Tem potencial para publicação, mas necessita de uma revisão significativa (reescrever, reanalisar os dados, etc.); e) Não aprová-lo. 3. Após avaliação, os parecistas reenviam a ficha ao editor, que a envia ao autor, comunicando a aprovação, não publicação ou sugestões de alteração.


Periodicidade
A Revista Piauiense de História Social é uma publicação Semestral.


Política de Acesso Livre
Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.


Ética em Pesquisa e Publicação 
A Revista Piauiense de História Social e do Trabalho recomenda aos autores, parecerista e editores, o estudo dos seguintes documentos de diretrizes básicas para a integridade da atividade científica e publicações:



Declaração de Direito Autoral
A) Autores mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Internacional Creative Commons Atribuição-Não Comercial 4.0 que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
B) Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.
C) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal) a qualquer ponto antes ou durante o processo editorial, já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado.


Política de Privacidade
Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.


Política de Plágio
Todos os trabalhos submetidos serão previamente analisados no software AntiPlagiarist para verificação de plágio.


Catálogos, Diretórios e Indexadores
Academia.edu