A RPHST agora é B3!



De acordo com o novo Qualis, divulgado dia 18 de julho deste ano, a Revista Piauiense de História Social e do Trabalho agora se localiza no estrado B3 da nova classificação proposta pela CAPES.

Algumas mudanças também aconteceram: Agora, cada periódico possui apenas um Qualis, e é armazenado dentro de uma "área-mãe". Além disso, são levados em consideração para a estratificação índices bibliométricos, como CiteScore, Fator de Impacto, e ou índice h5 do Google Scholar.

Apesar da divulgação, possivelmente ocorrerão mudanças, durante os Seminários de Meio-Termo, nos meses de agosto e setembro.

Mesmo sendo um periódico acadêmico independente, desvinculado de programas de graduação e pós-graduação , entendemos que a inclusão da RPHST no novo qualis significa que nossa revista mantém os padrões exigidos pelos parâmetros de um dos maiores órgãos de pesquisa científica do país.

Assim, agradecemos ao comprometimento do conselho consultivo, a responsabilidade de nossos pareceristas ad-hoc, e, principalmente, pesquisadoras e pesquisadores que publicaram e publicarão na Revista Piauiense de História Social e do Trabalho.